domingo, 27 de novembro de 2011

Ontem e hoje.

Inauguração e bênção da Casa Canônica em 1953.

Restaurada em 2005. Foto de 2011.
Mal. Floriano. 1973.

2011.
Monjolo. 1958.

2011.
Foto do interior do prédio mostrando o secador de arroz da Empresa Osório, Lopes & Cia em 1938. Ano de sua inauguração. Foto: Mario Antonio Barcelos.

Local em 2011.
Acredito que dos anos de 1960.

2011.
Entrada da rua Santo Antônio, final dos anos 70 ou início dos 80.

2011.

1956.

2011.
A casa branca que aparece ao fundo ficava atravessada na rua.

2011.
Década de 1940. Esta casa da esquerda foi o local onde se instalou a 1ª Câmara em 1811.

Início dos anos de 1970.

2011.
Av. Borges de Medeiros. Década de 1960.

2011.
Estrada Real: Como era chamada a RS30. Anos de 1930. Em primeiro plano, Guilhermina, a filha do fotógrafo Severo Horgnies.

RS30. 2011. A casa hoje em ruínas pertenceu ao Carmelindo Castilhos, parente de Jùlio de Castilhos e foi soldado na Revolução de 1930.
Setembro de 1947.

Novembro de 2011.
Bernardo Luz e família diante de sua casa. Anos de 1920.

Biblioteca Pública Júlio Costa. 2011.
Presídio Estadual. 1956.

2011.
Antiga Intendência Municipal, rua do Vinagre, anos de 1920.

Hoje Mal. Floriano, 2011.
Borges de Medeiros, logo abaixo da antiga casa do dentista João Batista.Acredito que esta foto seja do final dos anos 70.

2011.
Antiga Sede dos Correios na Av. Borges. Anos 50.

2011.
Década de 1930.

2011.
Rodoviária em foto de 1951. Foto acervo do Museu Caldas Júnior.

O local em foto de 2011.
Esquina da Cel. José Nunes com Mal. Floriano. 1973. Foto Alexandre Fernandes.

 Mesmo local em 2011.
Mal. Floriano anos de 1950. Imagem do livro Reminiscências de Minha Terra- Juca Maciel.

2011.

11 comentários:

  1. Grande idéia o foto-blog de SAP! Parabéns Marcelo!
    Abraço, Murilo.

    ResponderExcluir
  2. Parabéns pela iniciativa, Marcelo. Se não fosse tu, eu e muitos outros não conheceriam a história da nossa cidade. Continue esse grande trabalho! ;)

    ResponderExcluir
  3. A estrada que passa por Santa Cristina do Pinhal e Lomba Grande até São Leo também chamavam de Estrada Real !

    ResponderExcluir
  4. A casa das 4 portas, hoje, já nasceu com platibanda e a da esquerda acabou com ela, pena era bonita no original, despejando água da chuva na calçada !
    Pelo menos é o que parece, inclusive antes a da direita tinha uma janela e 3 portas, depois abriram, formando 4 !

    ResponderExcluir
  5. O mais bacana é que não é simplismente um arquivo de fotos antigas, tem uma contextualização e uma comparação com o estado atual da cidade. Isso faz com que a gente imagine o desenvolvimento dela até hoje. Muito legal! ;D

    ResponderExcluir
  6. Marcelo, parabéns pelo espaço. Fiz uma chamada FIXA no BLOG www.marcelodubai.blogspot.com.br

    ResponderExcluir